quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

RODRIGO CONSTANTINO-Agora o cubano que ganha $ 30 por mês já poderá comprar uma carroça sem autorização do estado!



Fonte: G1
Vejam que notícia maravilhosa: Cuba autoriza livre comércio de carros:
Cuba autorizou nesta quinta-feira (19) o livre comércio de veículos a preços de mercado, sem necessidade de apresentar uma “carta de autorização”, proibida durante meio século, em uma das medidas mais esperadas das reformas econômicas do presidente Raúl Castro.
“Serão publicadas durante os próximos dias no Diário Oficial novas normas jurídicas que colocarão em vigor a política para a importação e comercialização de veículos motorizados, segundo foi aprovada na quarta-feira na reunião do Conselho de Ministros”, afirma o diário estatal “Granma”.
A medida vem dois anós após a publicação de um decreto que autoriza a transmissão de propriedade de veículos por compra, venda ou doação entre os cidadãos cubanos. Segundo o “Granma”, as medidas implementadas em 2011 foram limitadas pelos poucos carros disponíveis, e à restrição dessa facilidade a um reduzido grupo de categorias ocupacionais, além da existência de um mercado paralelo.
“Diante desses problemas, e depois de vários meses de estudo, foi decidido eliminar os mecanismos existentes de aprovação para compra e venda de veículos ao estado”, diz o jornal. Com isso, ficam liberadas as vendas de motos, carros e outros veículos, novos ou de segunda mão.
A venda liberada, no entanto, será “implementada de maneira gradual e paulatina”, e será dada prioridade a quem já possui a carta de autorização. Fica mantida a limitação a que empresas cubanas e estrageiras vendam para as pessoas.
Não é incrível que em pleno século 21 ainda possamos ler notícias como esta? É uma máquina do tempo! Cuba parou em 1960, inclusive em termos de qualidade automotiva. O estado benfeitor finalmente libera a compra de carros e motos usadas sem tanto controle estatal.
Um professor ou um médico, que ganham US$ 30 por mês, salário médio na ilha caribenha, poderão juntar dinheiro por uns 5 anos e depois comprar uma bela carroça daquelas que os americanos consumistas abandonam no ferro velho. Vejam quanto progresso!
Tudo culpa do embargo americano, claro. Não fosse por isso, sem dúvida os cubanos já poderiam comprar Ferraris e Lamborghinis, ou pelo menos uns Volkswagens medianos. Quiçá um Lada fantástico daqueles! Esses ianques são muito malvados mesmo…
E pensar que há quem defenda o modelo cubano, elogie os “avanços sociais” e deseje isso para nosso país. A todos esses eu recomendo uma só coisa: comprem passagens só de ida para Cuba! Eu ainda dou uma singela ajuda de custo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Seguidores

Arquivo do blog

LIBERDADE COMO NOSSO DOM MAIOR

Ser livre para ir e vir!Pela liberdade de expressão.Pela humanidade contra os pregadores da escuridão que assolam nosso mundo moderno.Democracia verdadeira sempre,não aquela de fachada que persegue quem não compartilha de suas idéias.