sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

POLÍCIA SUSPEITA QUE PIZZOLATO IRIA ‘INVESTIR PESADO’ NA ITÁLIA

Após ser indiciado ontem pelas autoridades italianas por substituição de pessoa, falso testemunho a um oficial público e falsidade ideológica, o mensaleiro condenado e fugitivo Henrique Pizzolato (foto), ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, teve a casa onde alugava revistada. A polícia italiana anuciou que foram encontrados alguns pen drives com  documentos bancários sobre transações que somam dezenas de milhares de euros. A partir de uma primeira análise dos arquivos, a polícia acredita que ele estivesse se preparando para investir grandes quantias na Itália, segundo a agência italiana Ansa.
Condenado a  a 12 anos e sete meses de cadeia no processo do Mensalão e preso na Itália no último dia 5 de fevereiro, Pizzolato fugiu para a Itália após sua sentença ter sido confirmada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado. Segundo os investigadores, ele saiu do Brasil e entrou na Itália com um passaporte falso em nome de seu falecido irmão, Celso. Durante dois meses, Pizzolato morou em uma casa alugada com vista para o mar em Porto Venere, na costa da Ligúria. No entanto, ele foi detido na residência de um sobrinho em Maranello.
O governo brasileiro ainda “prepara” o pedido de extradição do mensaleiro fujão.
Diário do Poder

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Seguidores

Arquivo do blog

LIBERDADE COMO NOSSO DOM MAIOR

Ser livre para ir e vir!Pela liberdade de expressão.Pela humanidade contra os pregadores da escuridão que assolam nosso mundo moderno.Democracia verdadeira sempre,não aquela de fachada que persegue quem não compartilha de suas idéias.