quinta-feira, 27 de março de 2014

Caio Blinder- O clubinho do Putin (II)

Parece artigo de jornal satírico, uma composição escolar escrita na novilíngua ou uma tirada de um filme de Sacha Baron Cohen (o nosso querido Borat). Viktor Churkin, embaixador russo nas Nações Unidas, disse que a votação não-vinculativa na assembleia-geral nesta quinta-feira foi um bom resultado para o governo Putin. “Nós tivemos uma vitória política e moral. Não deve haver nenhuma questão sobre isolamento da Rússia na situação”.
Do que o diplomata está falando? A resolução apoiou a integridade territorial da Ucrânia e declarou não-válido o referendo que levou à anexação da Crimeia pela Rússia. A resolução passou por 100 votos a 11, com 58 abstenções, entre elas a do Brasil, que ficou em cima do muro ao lado dos outros integrantes do clube dos Brics,que a Rússia tanto preza: China, Índia e África do Sul. Alguns países simplesmente fugiram do muro e não votaram como Israel, Irã e Líbano. A Rússia conseguiu este milagre: Israel e Irã com a mesma posição.
Por vitória politica e moral para a Russia, entenda-se o apoio dos seguintes países, entre os quais estão os mais imorais do mundo: Armênia, Bielorrúsia, Bolívia, Coreia do Norte, Cuba, Nicarágua, Sudão, Síria, Venezuela e Zimbábue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Seguidores

Arquivo do blog

LIBERDADE COMO NOSSO DOM MAIOR

Ser livre para ir e vir!Pela liberdade de expressão.Pela humanidade contra os pregadores da escuridão que assolam nosso mundo moderno.Democracia verdadeira sempre,não aquela de fachada que persegue quem não compartilha de suas idéias.