sábado, 15 de março de 2014

Carga especial

aviao-forca-aerea
A população paga
O governador Tião Viana pediu e a Casa Civil liberou dois aviões da FAB para fazer o transporte de 152 toneladas de alimentos para abastecer os supermercados do Acre, estado com acesso rodoviário restrito por causa das cheias do Rio Madeira (leia mais aqui).
Um parecer da Advocacia Geral da União a pedido do Ministério da Integração Nacional, no entanto, autorizou a operação, mas recomendou que a conta do frete especial não recaia sobre o erário.
Para a AGU, os custos tem que ser arcados pelos beneficiários, ou seja os empresários acrianos.
Não é o que está ocorrendo. Ontem, o setor de supermercados do Acre se reuniu com a imprensa local para dizer que tentará repassar para população a redução nos custos de frete que eles conseguiram com a ajuda oficial.
Por Lauro Jardim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Seguidores

Arquivo do blog

LIBERDADE COMO NOSSO DOM MAIOR

Ser livre para ir e vir!Pela liberdade de expressão.Pela humanidade contra os pregadores da escuridão que assolam nosso mundo moderno.Democracia verdadeira sempre,não aquela de fachada que persegue quem não compartilha de suas idéias.