sexta-feira, 28 de março de 2014

PF descobre fraude nos cartões corporativos do Ministério do Trabalho

A Polícia Federal (PF) realizou nesta sexta-feira uma operação de combate a fraudes e desvio de dinheiro público no uso do cartão corporativo por servidores do Ministério do Trabalho e Emprego em Rondônia. A superintendente regional da pasta no Estado, Ludma de Oliveira Correa Lima, foi presa. Ela é filiada ao PDT, partido que acumula escândalos à frente do ministério.
A Operação Trama teve objetivo de prender temporariamente seis pessoas e suspender seis funcionários do serviço público, além de conduzir nove pessoas para depoimento e cumprir dez mandados de busca e apreensão. Há empresários e particulares entre os alvos da PF, além dos servidores e gestores do ministério.
A investigação da PF aponta que os gastos da superintendência do pasta em Rondônia com o cartão corporativo, em 2013, foram cinco vezes superiores à média nacional – os valores ainda não foram divulgados. A PF diz que os servidores apresentavam notas de compras com valores redondos e acima do limite permitido. O dinheiro foi gasto em estabelecimentos comerciais “desconhecidos e de localização duvidosa” e que tinham atividade econômica diferente dos bens e serviços contratados.
Os investigadores também afirmam que os servidores simularam viagens a trabalho para que houvesse o pagamento de diárias. Até os relatórios de trabalho das viagens foram forjados. Eles chegavam a inserir de forma “fraudulenta” os dados dos viajantes no Sistema de Concessão de Diárias E Passagens (SCDP) do governo federal. Os policiais federais descobriram a fraude porque os servidores, que supostamente estariam viajando, ficavam no local de trabalho fixo, participavam de reuniões oficiais e assinavam documentos.
A PF também apura suspeita de fraude a licitações na Superintendência Regional de Trabalho em Rondônia.
VEJA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Seguidores

Arquivo do blog

LIBERDADE COMO NOSSO DOM MAIOR

Ser livre para ir e vir!Pela liberdade de expressão.Pela humanidade contra os pregadores da escuridão que assolam nosso mundo moderno.Democracia verdadeira sempre,não aquela de fachada que persegue quem não compartilha de suas idéias.