terça-feira, 29 de abril de 2014

No meio da polvadeira, reeleição de Graça Foster nem foi percebida no Brasil

Políbio Braga
O que levaria a Petrobrás a não anunciar através da imprensa, como sempre faz, a reeleição de sua presidente? É a pergunta que faz hoje o blog Petronotícias. O assunto não mereceu nem notinha de pé de página dos jornalões, apesar da sua importância. Leia mais:

Para quem não sabe, o Conselho de Administração da Companhia reelegeu Graça Foster por mais três anos no dia 21 de março, apesar de estar à frente da empresa há pouco mais de dois anos. Com ela, todos os diretores, que receberam votos unânimes para que dessem continuidade ao trabalho que estão desenvolvendo. Apenas um deles, José Figueiredo, da engenharia, mereceu um voto contrário, que foi dado pelo representante dos funcionários, José Maria Ferreira Rangel. Mesmo assim, o diretor foi mantido na função. O Petronotícias ouviu alguns executivos do mercado, que também se surpreenderam com a informação, mas ninguém quis se manifestar. As denúncias sucessivas contra a Petrobrás faz com que as pessoas se recolham e não queiram se comprometer.

O fato é que a comunicação da empresa ao mercado só se deu através da publicação de uma ata da reunião do seu conselho, o que é legal, mas incomum. Foster foi reeleita quando já sabia que iria depor no Senado Federal sobre o caso Pasadena. Os escândalos que se sucederam manchando o nome da companhia no  mercado brasileiro e internacional, provocam um certo no imobilismo em alguns setores nas operações da companhia.

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Seguidores

Arquivo do blog

LIBERDADE COMO NOSSO DOM MAIOR

Ser livre para ir e vir!Pela liberdade de expressão.Pela humanidade contra os pregadores da escuridão que assolam nosso mundo moderno.Democracia verdadeira sempre,não aquela de fachada que persegue quem não compartilha de suas idéias.