sexta-feira, 4 de abril de 2014

Planalto não quer parlamentares do “volta, Lula” na CPI da Petrobras

Nota de Otávio Cabral publicada na seção “Holofote” de edição impressa de VEJA
REDUÇÃO DE DANOS
Já que a CPI da Petrobras é inevitável, o governo vai tentar minimizar seus riscos.
A estratégia será indicar parlamentares que não se acanhem de ir para o sacrifício para defender o governo.
O time escolhido será de “primeiro escalão”, o que exclui representantes do baixo clero com possibilidade de mudar de lado, como ocorreu na CPI dos Correios.
Ficarão de fora também adeptos do “volta, Lula”, que podem usar a crise para enfraquecer o governo Dilma e reforçar o clamor por seu antecessor.
Um nome que atende a todos esses quesitos e é o preferido do Planalto para comandar a comissão é o senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder de todos os governos e que engavetou sem cerimônia outra tentativa de CPI da Petrobras, em 2009.
Ricardo Setti

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Seguidores

Arquivo do blog

LIBERDADE COMO NOSSO DOM MAIOR

Ser livre para ir e vir!Pela liberdade de expressão.Pela humanidade contra os pregadores da escuridão que assolam nosso mundo moderno.Democracia verdadeira sempre,não aquela de fachada que persegue quem não compartilha de suas idéias.