segunda-feira, 19 de maio de 2014

Políbio Braga- Lula e Berlusconi


Lula aparece noutra tramóia suja, desta vez no Caso Berlusconi

Lula aparece como personagem de outra tramóia de roubalheira, desta vez com parceiros do controvertido Berlusconi. 



Em reportagem intitulada "Nome de Lula aparece no caso Berlusconi", a revista IstoÉ desta semana revela que em carta encaminhada ao premiê Silvio Berlusconi, em dezembro de 2011, Valter Lavitola afirma que recorreu a Lula para negociar área de manejo florestal na Amazônia:
- Ele conseguiu que a direção da empresa compradora fizesse um acordo comigo.

A carta escrita por Lavitola foi encontrada no computador do ítalo-argentino Carmelo Pintabona, amigo e um dos homens de confiança do jornalista condenado. 

. Leia a reportagem da revista (abaixo, mais nota sobre o caso):

Em carta em que extorquia o ex-premiê italiano, o jornalista Valter Lavitola, hoje preso, diz que Lula o ajudou num polêmico negócio de madeiras na Amazônia. Justiça da Itália já ouviu Pizzolato
Janaina Cesar, de Nápoles e Claudio Dantas Sequeira (claudiodantas@istoe.com.br), de Brasília
No fim de abril, o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado no processo do mensalão, recebeu em sua cela na penitenciária de Sant’Anna, em Modena, a visita do procurador italiano Vicenzo Piscitelli. O integrante do MP italiano estava acompanhado de três policiais. O encontro alimentou especulações de que Pizzolato estaria envolvido na investigação conduzida por Piscitelli sobre o rumoroso caso do jornalista Valter Lavitola, ex-diretor do diário “Avanti” preso por extorsão contra o ex-premiê Silvio Berlusconi e que responde a processo também por lavagem de dinheiro e corrupção internacional. Pizzolato, porém, não foi interrogado na condição de suspeito ou de testemunha, mas como colaborador. O procurador queria sua ajuda para esclarecer um trecho até hoje misterioso da carta em que Lavitola cobra de Berlusconi ajuda financeira. Em três das 25 páginas do documento, obtido por ISTOÉ, o jornalista italiano fala que recorreu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para conseguir vender uma área de manejo florestal que tinha na Amazônia. Nas palavras de Lavitola, Lula “provou ser um verdadeiro amigo”.

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Seguidores

Arquivo do blog

LIBERDADE COMO NOSSO DOM MAIOR

Ser livre para ir e vir!Pela liberdade de expressão.Pela humanidade contra os pregadores da escuridão que assolam nosso mundo moderno.Democracia verdadeira sempre,não aquela de fachada que persegue quem não compartilha de suas idéias.