sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

LÍDER DO PSDB ACUSA MARIA DO ROSÁRIO DE CRIME DE IMPROBIDADE

O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy, entrou com uma ação contra a ministra Maria do Rosário (Direitos Humanos). Ela é acusada de cometer improbidade administrativa por ter defendido a condição dos médicos cubanos que participam do Programa Mais Médicos, análogas à escravidão. “Como uma representante dos Direitos Humanos, a ministra precisa dizer se é de seu conhecimento que os profissionais cubanos estão proibidos de se relacionar com brasileiros ou receber visita de parentes sem a prévia autorização de Cuba”, afirmou. Segundo o parlamentar, a ministra tem de declarar se tem conhecimento que, para casar, esses profissionais precisam de uma autorização por escrito das autoridades cubanas. Além disso, ele exige esclarecimentos sobre os acordos do programa, que não são compatíveis com o princípio da dignidade humana, nem tampouco obrigatórios para médicos de outras nacionalidades.
DP

Esquerda caviar quer salvar tartarugas e árvores cantando… com o nosso dinheiro!

Sei que o tema esquerda caviar acaba ficando repetitivo. Mas o que posso fazer se a esquerda caviar não para de avançar sobre nossos bolsos com toda a sua “consciência ecológica”? Vejam a última que recebi:
Projetos de turnês musicais que abordam temas ecológicos estão na lista de aprovados em fevereiro de 2014, pelo Ministério da Cultura, para captar recursos da Lei Rouanet. Milton Nascimento faz homenagem ao projeto ambiental Tamar em proposta de R$ 957 mil para shows e CD com o Dudu Lima Trio. Outra proposta, da banda de pagode Jeito Moleque, pede R$ 2,4 milhões para turnê e DVD “ambientalmente responsáveis”, que inclui plantio de 2 mil árvores para “emissões de gases do efeito estufa geradas com as realizações dos shows”.
Os dois projetos foram aprovados com poucos cortes de verba pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), que se reúne mensalmente para avaliar propostas. Os artistas também podem contar com a renda extra de ingressos a preços populares, que se somam ao valor total liberado para captação de patrocínio pela Lei Rouanet.
Haja jeito moleque para tanta malandragem! Estamos vendo o nascimento da uma nova modalidade de subsídios: é só criar uma “turnê ecológica” que o MinC libera a verba. São as andanças bancadas com nossos tributos…
Tenho uma proposta e gostaria de saber se posso contar com o apoio do governo. Quero fazer uma “turnê ecológica” também, divulgando meu livro Esquerda Caviar. O leitor acha que brinco, que não falo sério?
Explico: ao combater o fenômeno, posso reduzir a quantidade de membros da esquerda caviar. Ao fazer isso, o consumo de óleo de peroba para lustrar tanta cara de pau vai se reduzir. E como ele é produzido à base de óleos e solventes vegetais e minerais, a queda no seu consumo tem claro apelo ecológico.
Espero ter sido convivente. Contento-me com a metade do que o Jeito Moleque teve aprovado. Marta?
Rodrigo Constantino

Uma homenagem ao riso e uma dica de leitura

Já que hoje é sexta-feira, e estamos todos saturados de tragédias anunciadas na Venezuela e na Ucrânia, ou das peripécias de nosso governo petista, creio ser de bom alvitre recomendar uma leitura leve, deliciosa e inteligente a todos que aqui me acompanham.
Falo de Então tá, Jeeves, de P.G. Wodehouse, craque do refinado e inigualável humor britânico. Não esperem gargalhadas, dores de barriga, nada disso. É humor para gente grande. As trapalhadas do Sr. Wooster são cômicas, a agilidade da escrita é impressionante, e claro, o personagem do mordomo Jeeves é verdadeira obra de arte.
Sempre discreto e contido, como um típico lorde inglês, o mordomo possui uma mente perspicaz e aguçada, é o mais inteligente e educado de todos os personagens. Entra em ação apenas quando solicitado, para salvar o patrão de suas enrascadas. É prazer garantido – ou seu dinheiro de volta!
Meu amigo Bruno Garshagen, fã de carteirinha de Wodehouse, escreveu em seu blog uma longa resenha à época do lançamento do livro traduzido no Brasil. Conta muito da vida do autor também. E resume muito bem o efeito que Wodehouse produz no leitor:
Nada de gargalhadas insanas e embriagantes. Wodehouse nos solicita gentilmente um sorriso que nos escapa pelo cantinho esquerdo da boca depois de reverberar desatinado pelo plexo solar.
Creio que isso vai ao encontro do que Henri Bergson sustentava sobre o riso:
Que o leitor agora se afaste, assistindo à vida como espectador indiferente: muitos dramas se transformam em comédia. [...] Portanto, para produzir efeito pleno, a comicidade exige enfim algo como uma anestesia momentânea do coração. Ela se dirige à inteligência pura. 
Wodehouse fala à nossa inteligência. É por isso que recomendo aos meus leitores seus livros. Também estarei na companhia de um deles, mais uma história das confusões de Wooster e Jeeves, neste fim de semana. Boa leitura a todos!
PS: Aos que não querem rir de situações inteligentes e divertidas, usando o cérebro, mas sim gargalhar com um “humor” mais visceral, recomendo algum vídeo do Porta dos Fundos mesmo. Cada um com suas preferências…
Rodrigo Constantino

Reynaldo-BH: O top-top será reprisado por Garcia com as mãos sujas de sangue

REYNALDO ROCHA
Top-Top, Marco Aurélio. A Venezuela cantada em prosa (mal escrita) e verso (sem rima) está mostrando ao mundo o que TODOS sabíamos, mas que era sempre embrulhado em papel de presente para os esquerdopatas descerebrados desta triste América Latina.
Dilma deve estar preocupada. À época de FHC, éramos uma nação respeitada em todo o mundo. Hoje apoiamos caudilhos risíveis, como num filme de Cantinflas.
O regime bolivariano descobriu o raio que provoca câncer em adversários. Pediu aos venezuelanos que obrassem em menor quantidade porque falta papel higiênico. Agora mata estudantes nas ruas, mobilizando milícias pagas com bolsas e funcionários públicos de camisetas vermelhas. E ainda assim o governo brasileiro ajuda a manter Maduro no poder.
Marco Aurélio Top Top Garcia deve estar exultante. Vê na Venezuela de hoje o desejado Brasil de amanhã. E Dilma continua sem conseguir localizar a Venezuela num mapa. Os dois neurônios ainda não se ajustaram para tamanha tarefa.
Apontem UM país adepto desse ridículo bolivarianismo que vá bem em seus fundamentos econômicos, sociais e democráticos. UM SÓ!
Argentina? Bolívia? Venezuela? Brasil? Equador? Cuba? Não peço mais que UM exemplo.
É um desastre de dimensões continentais. E insistem no discurso de vencedor, como se fossem heróis.
Estamos todos a bordo de um avião que atravessa a pista de pouso em direção ao desastre inevitável.
Resta Marco Aurélio Garcia continuar a fazer top-top com as mãos sujas de sangue.

“Preciso começar a fazer exercícios. Esse negócio de comer e dormir não está dando certo. Hoje se precisar correr 50 metros sofro um infarto.” (Leão Bob)

Serão os sapos felizes com suas línguas compridas?

Quem mama mais? Um petista ou um peemedebista?

Você já pensou em dar uma beijocas na mãe de um amigo?

CORREIO DO CRUCIFIXO COMUNISTA- Eu já disse aqui: não gosto do Papa não por ele ser argentino, mas por ser Papa. Agora leio que ele fez convite para Stédile participar em Roma d um seminário sobre exclusão, com despesas pagas pelo Vaticano. É bom saber que os católicos estão financiando o passeio de comunistas que pouco trabalham, só agitam.

GAVIÃO DEPENADO- Comecei a me dar conta que o tempo havia passado quando adolescentes começaram a me chamar de ''TIO".

Em quem você coloca a culpa dos seus fracassos? Na elite? Nos EUA? Na Globo? Procure um espelho e verifique bem sua carantonha.

Faz tempo que você não beija a sua mulher? Vai deixar isso para outros?

Você se acha adulto? Então pare de acreditar na cegonha, no Papai Noel e no PT.

Quem mente mais na sua cidade? O padre ou o prefeito?

“Se sou feliz? Sou mais feliz que cachorro comendo picanha.” (Mim)

DECLARAÇÃO DO GENERAL PAULO CHAGAS

A declaração do General Paulo Chagas que estampa na internet demonstra a revolta que os militares estão com o governo atual. Em menos de 11 anos o PT escreve mais uma página indigna na história política interna e externa do país. Os militares sempre terão meu apoio em causas justas.

PRONUNCIAMENTO DO EXCELENTÍSSIMO SENHOR GENERAL PAULO CHAGAS –
Caros Amigos.
A chegada do PT ao poder e os dez anos de sua permanência na direção do País criaram, além do caos social, moral e econômico, a incerteza quanto ao futuro das instituições republicanas, uma vez que o partido não deixa de alimentar a intenção de transformar o Brasil numa República Socialista Bolivariana. A reação recente da sociedade nas ruas, em que pese o "show da guerrilha urbana" que tenta desvirtuá-la, mostra que o povo deu-se conta dos males que representam para seu futuro o aparelhamento do Estado, do primeiro ao último escalão; o domínio completo do aparato sindical; a concentração de meios, a logística, o treinamento, o dispositivo e o incentivo dados às ações e pretensões dos chamados “movimentos sociais”; a concentração de recursos financeiros, visíveis e invisíveis, nas mãos dos “corruPTos”; a cada vez mais evidente ligação do “ParTido” com o crime organizado; e a coordenação e o controle exercidos pelo Foro de São Paulo sobre os horizontes de seus associados.

Todo este potencial reunido nos induz a considerar a possibilidade e a probabilidade de que grandes tumultos, demonstrações de força, quebra-quebras, greves ilegais e tudo o mais que compõe o repertório destrutivo da esquerda radical venham a ocorrer, se as pesquisas de opinião indicarem com clareza a derrota de Dilma no processo de reeleição. O primeiro objetivo do tumulto será inviabilizar o pleito e o segundo será fazer crer aos desavisados e aterrorizados cidadãos de bem que a situação da ordem pública e a "pacificação nacional" dependem da permanência dela e dos corruPTos no poder!

Por imposição do partido, com o aplauso dos parceiros do Foro de São Paulo e com o apoio dos eternos oportunistas, no Congresso e fora dele, e dos “intelectuais orgânicos”, sempre a serviço da enganação, "as eleições serão adiadas até que haja clima favorável e seguro para realizá-las"! Esta conjectura, com certeza, alimenta as mentes insanas dos canalhas que, inebriados pela exacerbação da ambição e pela subestimação da tolerância do povo, imaginam ser possível, desta forma, a instalação definitiva da "ditadura do proletariado" em Terras de Santa Cruz! Tratam-se apenas de conjecturas, apocalípticas, é verdade, mas acreditar que haja qualquer tipo de honestidade nos propósitos dos homens e mulheres que integram e apoiam o atual governo, dentro e fora do País, é, também, fugir da realidade.

Seja como for, vale o alerta e fica a imagem como válida também para depois do pleito, pois, se derrotados e contrariados em seus anseios, venderão caro a estabilidade e a governabilidade, como fizeram no Rio Grande do Sul durante a administração de Yeda Crusius. Por outro lado, caso sejam ainda vencedores, premidos pelo tempo e pela caótica situação produzida por sua incompetência e reconhecida vilania, tentarão, agravando a desordem e o desmando, consolidar as condições objetivas e, com elas, introduzir a componente subjetiva do golpe. Em todos os casos, imaginam que a circunstância adversa e a “disciplina” das Forças Armadas farão com que elas, para evitar uma guerra civil, aceitem e respaldem a "solução da casa", ou, no mínimo, que se omitam diante do golpe. Ledo devaneio!

Conhecendo e confiando em meus camaradas, sugiro aos que alimentam tais esperanças que façam uma avaliação melhor e mais realista do comprometimento das FFAA, porquanto, caso decidam pela quebra das estruturas legais da república, as encontrarão aliadas, como sempre, à democracia, ao seu dever constitucional e aos interesses daqueles de onde, legitima e legalmente, demanda o poder. Em nome deles, elas lhes negarão respaldo e, mais uma vez, frustrarão a traição!
Que Deus nos proteja como protegeu o Papa Francisco durante sua estada no Brasil e que estas "conjecturas" não ultrapassem os limites da presunção!
"O socialismo é o evangelho da inveja, o credo da ignorância, e a filosofia do fracasso."

BRASILEIROS INSATISFEITOS COM A ATUAL SITUAÇÃO MORAL, ESCANDALOSA, DE ROUBALHEIRA E DE INCOMPETÊNCIA DO PT, REPASSEM A SEUS CONTATOS, POIS O ASSUNTO É DE SUMA RELEVÂNCIA E...

Gosto de quero mais

Dora Kramer - O Estado de S.Paulo


A classe média está no radar de todas as campanhas presidenciais. Mais do que sempre esteve, porque agora inclui público muito maior que tem mostrado nas pesquisas qualitativas seus anseios com gosto de quero mais.

Depois da estabilidade da economia que marcou a eleição de Fernando Henrique Cardoso; dos ganhos sociais que levaram Luiz Inácio da Silva aos píncaros da popularidade e da continuidade que elegeu Dilma Rousseff, o eleitor desta vez quer ouvir falar em melhoria de vida. Não de mera sobrevivência.

Exige condições decentes, não se conforma com o básico, almeja bem-estar, reciprocidade por parte do Estado a quem paga parcela substancial de seus salários em impostos, e está bem mais escolado na defesa contra promessas vãs.

É nesse cenário que os aliados dos três candidatos, a presidente e seus dois adversários, Aécio Neves e Eduardo Campos, analisam com franqueza protegida pelo anonimato que a disputa não está fácil para ninguém.

O favoritismo de Dilma apontado nas pesquisas só é analisado com o otimismo de vitória no primeiro turno na conta matemática de manchete de jornal.

Com 43,5% de avaliação positiva, oscilação negativa de avaliação de governo e críticas generalizadas em setores que até pouco tempo elogiavam ou prestavam silêncio reverencial, no dizer dos correligionários não configuram um ambiente confortável.

Os oposicionistas tampouco soltam foguetes. Reconhecem que não capitalizaram esse descontentamento. Esperam fazê-lo mais à frente quando o jogo efetivamente começar.

Mas, o patamar de 17% para Aécio e 9% para Eduardo Campos não autorizam os festejos dessa mesma época em 2010 quando José Serra navegava em índices de 40%.

A canoa virou, argumentam. E pode virar de novo, a favor deles. É verdade, mas quem sabe o que vem por aí na economia e na Copa? Ninguém. Quando se procura saber o que os oposicionistas pensam em fazer diante dos possíveis protestos a resposta é: preferencialmente nada.

Tirar proveito de possíveis tragédias ou de manifestações contra todos os políticos e que atingem também governadores de Estados onde haverá jogos pode ser um risco. Melhor não correr.

Conclusão: diante da constatação que dá início à nossa conversa, por ora preferem todos ficar na muda, preparando seus discursos de acordo com o que as pesquisas mostram que o eleitor quer ouvir e esperando o vendaval (para o bem ou para o mal) da Copa passar para, então, se apresentarem.

Até lá, é tudo aperitivo.

Faz sentido. No fim do ano passado num encontro de representantes de um grande banco de investimentos americano em Foz do Iguaçu na América Latina era grande a preocupação com a simpatia do governo brasileiro pelos países ditos bolivarianos.

O ex-presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, estava na plateia. Na ocasião soou algo estranha sua indagação sobre a possibilidade de o Brasil como líder da região seguir o rumo da Venezuela.

Para quem vive aqui a resposta é óbvia: zero. Mas, pensando bem, para quem acompanha o panorama a distância, agora ouve o silêncio do Brasil ante a convulsão venezuelana e não conhece a fundo a capacidade de resistência das instituições nacionais, é uma inquietação pertinente.

Em movimento. Está praticamente fechada a escolha do vice na chapa ao candidato do PMDB ao governo do Rio, Luiz Fernando Pezão. Será Ronaldo Cézar Coelho, ex-tucano agora filiado ao PSD de Gilberto Kassab.

O ex-prefeito é candidato ao governo de São Paulo com dois objetivos: mostrar ao seu eleitorado de perfil conservador que seu apoio a Dilma Rousseff é tático, não significa que tenha virado petista e ajudar a impedir a reeleição do governador Geraldo Alckmin.

Seguidores

Arquivo do blog

LIBERDADE COMO NOSSO DOM MAIOR

Ser livre para ir e vir!Pela liberdade de expressão.Pela humanidade contra os pregadores da escuridão que assolam nosso mundo moderno.Democracia verdadeira sempre,não aquela de fachada que persegue quem não compartilha de suas idéias.